NÁRCIA KELLY SANCIONA LEI QUE PREVÊ O PAGAMENTO DO AUXÍLIO MUNICIPAL

NÁRCIA KELLY SANCIONA LEI QUE PREVÊ O PAGAMENTO DO AUXÍLIO MUNICIPAL
A prefeita Nárcia Kelly sancionou, na noite desta quinta-feira (11), a lei que autoriza o pagamento do Auxílio Municipal Emergencial (AME) para os bela-vistenses mais afetados pela pandemia do coronavírus. O AME será no valor de R$300 é destinado para mil famílias, pelo período inicial de seis meses. Agora, os interessados devem realizar um pré-cadastro na Secretaria Municipal de Ação Social.
O pagamento do auxílio faz parte do Plano de Recuperação da Economia em Função da Pandemia, idealizado por Nárcia Kelly. Ele contém ações para fomentar o comércio local e amparar, econômica e socialmente, os indivíduos mais prejudicados. Para isso, uma das medidas adotadas é que o auxílio terá de ser gasto no município. “Sei que essa pandemia prejudicou muitas famílias no mundo inteiro. Como poder público, temos a obrigação de minimizar os danos e dar todo o apoio possível para a população” afirmou Nárcia Kelly.
Para receber o auxílio, as condições estipuladas por lei são:
1 – Ser residente no Município de Bela Vista de Goiás há pelo menos 36 meses
2- Estar inscrito no Cadúnico atualizado
3- Ter renda familiar per capta mensal de até R$ 89,00
4- Os filhos em idade escolar devem estar matriculados na rede pública de ensino
5- Estar desempregado e não estar recebendo seguro desemprego
6- Não estar recebendo aposentadoria nem outro benefício previdenciário ou LOAS
7- Não ter sido condenado por crime contra a administração pública
8- Não estar cumprindo pena em regime fechado
Caso mil famílias não atenderem os critérios, o valor da renda mensal per capta poderá ser aumentada até o limite de R$ 150,00. Caso mais de mil famílias atendam aos critérios, o desempate será feito da seguinte forma:
1- Maior número de crianças na unidade familiar
2- Pessoa com deficiência na unidade familiar
3-A família ser chefiada por mãe solteira, aqui compreendida também a ausência de união estável
4- Pessoa acamada na unidade familiar
5- Mulher grávida
6-Idade mais avançada
Os interessados que se enquadrarem nos critérios devem ligar para a Secretaria de Ação Social no telefone no telefone 3551-7027 ou 3551-7015.